Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

11
Dez 13

Perdoa-me, perdoa o mal que te fiz ainda que inconsciente, perdoa se enchi a tua mente, perdoa a dor que te provoquei e a desilusão que criei, preferia ter sofrido eu, preferia que o coração partido fosse só o meu.

Perdoa as expectativas que manchei, as promessas não ditas que quebrei, perdoa não ser perfeita, perdoa ser cobarde, perdoa esta alma que aceita que agora já é tarde.

Perdoa-me, mas a dor maior é a minha, a vida perdeu a cor e não tem o sabor que tinha. O mal está feito, eu não tinha o direito de te magoar, não precisas de massacrar um coração despojado, vazio e magoado…  uma alma sem esperança, que vive apenas da lembrança de momentos efémeros e passados, passageiros e roubados.

Perdoa os sonhos que tenho, se nos meus olhos os consegues ler, apesar do meu empenho não consigo esquecer. Perdoa a minha secreta esperança, sei que te aborrece, vivo com esta lembrança que me sustenta, te incomoda e me alimenta.

Peço-te apenas.. não me guardes rancor, não afastes esse rosto que conheço de cor, não veja eu desprezo no teu olhar, esta alma minha não ia aguentar. Peço-te apenas que sintas carinho e amizade e até que recordes com saudade o sentimento que nos uniu… se é que esse sentimento realmente existiu.

publicado por Nessie às 15:51
sinto-me: Bloqueada...
música: On my own - Les miserables

8 comentários:
Chamo a este texto prosa poética. :)
Susana a 11 de Dezembro de 2013 às 18:31

Obrigada Susana... é mais uma tentativa de prosa poética, mas é uma paixão :)

Obrigada e beijinhos
Nessie
Nessie a 13 de Dezembro de 2013 às 14:36

E lá está... estou para ler um texto que chegou até mim... com o título: Perdão.

Beijinho grande,
m-M a 12 de Dezembro de 2013 às 09:33

Não há coincidências minha querida, esta se calhar foi a preparação que precisavas para ler o que tens para ler :)

Beijinhos
Nessie
Nessie a 13 de Dezembro de 2013 às 14:38

E para o perceber (e a mim) melhor! :)
Beijinho,
m-M a 13 de Dezembro de 2013 às 14:44

E tu? Perdoas-me por ter que dizer que o que li agora é lindíssimo? :-)

Não há palavras que descrevam este poema.... Simplesmente lindo... Perdoa-me, mas quem diz verdade não merece castigo.... :-)

Bjinhos... Bom fim de semana

;-)
aprendiz-dos-ceus a 14 de Dezembro de 2013 às 02:00

Não tenho nada que perdoar Aprendiz, tenho é que agradecer, mas gostei do jogo de palavras :)

Beijinhos
Nessie
Nessie a 27 de Dezembro de 2013 às 00:02

;-)

aprendiz-dos-ceus a 28 de Dezembro de 2013 às 02:39

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favorito

O amor..

blogs SAPO