Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

08
Jan 14

Pousa a cabeça no meu regaço e descansa guerreira. A luta foi dura, a dor foi grande e o resultado não foi o esperado. Tira a armadura, despe a máscara, larga as armas e deixa as lágrimas caírem, sente o corpo adormecer e ouve a música que os anjos cantam para ti.

A batalha acabou, a guerra chegou ao fim e ficou apenas a sensação de vazio e lástima. A mágoa que vejo no teu olhar é profunda e imensa… o cansaço marcou o teu rosto, cada linha é uma história, cada risco de lágrima uma perda e a escuridão que te assola é clara.

Nunca mais serás a mesma, nunca mais terás a leveza e alegria de outrora, porque a tua inocência foi roubada, a tua crença dilacerada e não mais acreditarás, não mais verás o mundo com esperança e o amanhã com entusiasmo.

Fecha os olhos guerreira e descansa, fecha os olhos enquanto te acaricio o cabelo e sonha… sonha com tudo o que almejavas, com tudo o que perdeste, com o mundo antes do ontem e o futuro antes da batalha.

O destino foi cruel contigo, a vida foi-te madrasta, calaste em ti os gritos da tua alma, sufocaste no peito as lágrimas do teu coração e perdeste tão mais do que uma mera batalha…

Descansa guerreira, descansa… dorme o sono reparador dos justos. O sol nascerá amanhã novamente, o dia seguinte está já aí e terás outras batalhas para enfrentar, outros dragões para combater e outras armas para usar.

Dorme guerreira, dorme e descansa, porque a tua maior batalha é e sempre serás tu…

publicado por Nessie às 15:16
sinto-me: Cansada...
música: Skinny love - Birdy

06
Jan 14

Acordaste princesa, acordaste… Abriste os olhos e viste que és tão mais do que o rótulo que te deram, tão maior que o amor de um homem, tão mais bonita que o teu olhar dissimulou.

Na pureza da tua alma quiseste acreditar num amor impossível, quiseste ter esperança que vencerias a escuridão e que a paixão triunfaria sobre as regras pré-concebidas de uma sociedade caquéctica.

No seio da tua pureza achaste que o amor era mais forte que os contractos, que poderias amar pelos dois, que a resignação era o caminho, que eras menos importante que o bem-estar alheio.

Acordaste princesa, acordaste… sofres agora a atrocidade de um coração partido, procuras agora o verdadeiro caminho e choras pelo amor que nunca foi. Mas chora princesa, chora… sofre agora o que tiveres que sofrer, chora agora o que tiveres que chorar, porque na catarse deste amor que nunca foi vais finalmente te encontrar.

Vais ver que o amor não é isto, que este nunca foi o teu caminho. Foram meras quimeras de um momento, meros devaneios oníricos que desvanecem com o tempo. És tão mais importante do que isto, mereces tão mais do que as sobras de outrem, és tão mais bela do que suponhas e tão mais preciosa do que te fizeram crer.

Mas chora princesa, chora… Lastima este amor que morreu, este amor que nunca nasceu e aprende princesa, aprende… que há amores que não estão no nosso destino, há príncipes que nos fazem perder o tino, mas que todos têm algo para nos ensinar, com todos há uma lição a encontrar e que nunca podes perder o amor-próprio.

Aprende princesa, aprende… que só te ama quem te respeita, quem te quer bem e se deleita com a tua mera presença. Que o amor é muito mais do que um conjunto de momentos que fazem o teu coração bater depressa, que mereces muito mais do que um eventual olhar ou palavra bonita. Aprende, princesa e chora… porque quando tudo passar e o coração sarar… voltarás a sorrir…

 

(Adoro-te amiga)

publicado por Nessie às 16:32
sinto-me: amiga...
música: Maroon 5 - She will be loved...

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
favorito

O amor..

blogs SAPO