Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

12
Set 13

Por vezes pergunto-me se alguma coisa acontece por acaso ou se a velha máxima do "não há coincidências" é a mais acertada? Se todas as pessoas que entram na nossa vida desempenham um papel ou deixam uma marca? Se todos temos um objectivo na vida? ou andamos um pouco ao sabor do vento qual barco à deriva? Será que somos senhores do nosso destino ou este está de certa forma traçado? Nascemos naturalmente bons, maus ou é a vida que nos torna numa coisa ou noutra?

Tantas perguntas sem resposta, tanta incompreensão perante nós mesmos, tanto mistério numa só vida. Será o fim da vida e o paraíso uma ilusão como a linha do horizonte ou será uma porta para o vazio e para a decomposição da matéria? Será o amor uma reacção química ou o unir de duas almas gémeas? Será que nós definimos a nossa personalidade ou esta é inata?

De quando a quando, aparece um guru charlatão ou uma religião usurpadora com promessas de possuirem as respostas para todas as nossas perguntas e ansiedades, de desvendarem todos os mistérios e segredos não deixando tempo ao homem para reflectir sobre si mesmo.

Na minha modesta opinião, a curiosidade, a imaginação e a reflexão foram sempre os traços principais de uma inteligência viva e passível de expansão. Se estas características não existirem ou se alguém nos despejar respostas rápidas de fácil compreensão, só passa a haver lugar para a estagnação e tacanhez do espírito... estas perguntas que fazemos a nós próprios, embora por vezes desesperantes, são saudáveis e contribuem para a nossa exploração da vida e do que nos rodeia.

A minha aspiração não é nem nunca foi a riqueza ou a fama, pelo contrário, até me assustam um pouco apesar de serem recebidas pela maioria como a resposta a todos os males. O meu objectivo foi sempre a tranquilidade e harmonia de espírito, o crescimento pessoal e interior e o enriquecimento sábio que só o conhecimento e a reflexão fornecem. Mas, afinal o que sei eu... eu que não passo de uma tola…

publicado por Nessie às 16:36
sinto-me: Pensante...
música: Porto sentido - Rui Veloso

Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
21

22
23
25
26
27
28

29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favorito

O amor..

blogs SAPO