Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

16
Jul 14

Uma dança lentamente rápida e indolente, ao som de uma música cruelmente doce que acaricia a pele húmida de suor. O ritmo de dois corpos que se conhecem e complementam, com os sentidos despertos e atentos, saboreando os agudos na ponta da língua, a sensualidade do toque, do cheiro, da vida. A sintonia de duas almas que se impulsionam e apoiam, se aproximam e afastam rodopiando numa coreografia perfeitamente sincronizada.

Um passo fora de tempo, um olhar distante, o quebrar da magia… a música arrefece sem remédio… um silêncio ensurdecedor preenche o espaço instalando-se a descoordenação e o ruído. As palavras não fazem sentido, no vazio multiplicam-se os gritos e omissões de dois taciturnos bailarinos. Os movimentos outrora graciosos transformam-se em espasmos violentos e indecorosos e tudo cessa… cessa a música, finda a dança… termina tudo.

publicado por Nessie às 14:41
sinto-me: Better...
música: Don't cry for Louie - Vaya con Dios

Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


posts recentes

C'est fini la danse

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
favorito

O amor..

blogs SAPO