Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

17
Out 13

Agarra-te com força à vida, luta, vive, permite-te um pouco de loucura, sonha, planeia e sorri, diz sim quando o sentires e não quando te fizer espécie, porque tudo passa tão depressa, o tempo urge e a alegria de viver é efémera e fugidia.

Gastamos energia com preocupações irrelevantes, perdemos tempo com assuntos sem interesse e, na nossa obsessão com o futuro, deixamos escapar o tão precioso presente. Somos todos espíritos livres, somos todos almas sem mestre e por isso não te deixes acorrentar a uma vida que não desejas, solta as grilhetas que te oprimem e respira… sobe ao topo do monte ou sente a areia nos teus pés descalços e respira fundo. Recorda a paisagem, sente o vento bater no teu rosto, saboreia a sensação de liberdade e sente o peso do teu peito desaparecer lentamente, porque isso é que significa estar vivo.

Somos infinitamente pequenos neste mundo e, no entanto, no teu coração pequenino cabe o mundo de alguém, não somos nada no curso da história, mas podemos fazer parte da história de muitos, não temos peso no universo, mas podemos mudar a vida de outros. Acorda, redescobre as sensações que esqueceste, coisas simples, coisas que de tão pouca importância terem são a melhor sensação do mundo.

Atreve-te, arrisca, deixa o jugo que te prende e não te esqueças que o impiedoso tempo não pára por ti nem por ninguém... viver é bom, se te permitires viver.

 

publicado por Nessie às 12:06
sinto-me: Free...
música: Freedom - George Michael

Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


posts recentes

Alma livre...

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favorito

O amor..

blogs SAPO