Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conselhos de uma Tola

Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

Conselhos de uma Tola

Os devaneios, sonhos, rotinas e alucinações de uma mulher comum que de comum não tem nada. Não será esta a melhor descrição para qualquer mulher... mas que sei eu... sou só uma tola...

Felicidade...

Setembro 11, 2013

Nessie

Todos temos que nos esforçar para sermos felizes. Há dias em que esta tarefa é difícil… “porra” se é. Há dias em que só pensar em lutar é uma canseira, quanto mais sair da cama e enfrentar a vida. Há também atitudes que temos que tomar para sermos felizes que são muito difíceis, tão difíceis que temos vontade de desistir antes de começar. Mas tem que ser e tem que ser por um motivo muito simples… todos temos a obrigação de sermos felizes ou, pelo menos, tentar.

Somos postos neste mundo indefesos e inocentes, tudo é belo e alegre para uma criança, tudo é puro e novidade. Com o tempo vamos perdendo a inocência e alegria e tornamo-nos cada vez mais exigentes e insatisfeitos. Todavia, o que nunca perdemos é a necessidade intrínseca e visceral de sentir felicidade. E então começa a luta por este tão almejado objectivo.

Uns lutam toda uma vida sem conseguirem, outros desistem a meio e há ainda aqueles que conseguem. Obviamente que ninguém é feliz permanentemente, nem a vida é um “mar de rosas”, mas o que interessa é pormos tudo na balança e esta pender para o lado positivo. A vida é constituída por momentos extraordinários, bons, mais ou menos, menos bons, maus e terríveis seja na vida de quem for e a luta é para que os momentos bons e extraordinários sejam em maior número.

O nosso tempo é tão curto e precioso, tão passageiro e efémero que não pode ser desperdiçado. Ninguém tem o direito de nos prender a uma vida que não queremos, ninguém pode nem deve impedir-nos de seguirmos a vida que queremos, toda gente tem direito a viver, crescer, amar, sorrir, desejar e querer o que nos aquece por dentro, o que nos preenche e intensifica a fabulosa sensação de estar vivo, porque muitas vezes, meus amigos, é só isto que queremos… sentirmo-nos vivos.

Por isso cá vai mais um conselho de uma tola, desta feita parafraseando outro “tolo”… “façam o favor de ser felizes”.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.